Vestido? Sai fora.



"Eu não era muito de usar vestidos, simplesmente achava que era "coisa de patricinha", o jeans básiquinho me agradava muito mais. Então um dia ao sair para fazer compras em um shopping com minha irmã, mudei totalmente minha idéia sobre os temidos vestidos. Algo como: Um tecido rosinha, com detalhes de renda na manga, era bem delicado e meu estilo "rockeirinha" não me deixava usar algo desse tipo, porém minha irmã me sugeriu que eu experimentasse. No momento eu achei que não iria gostar, afinal esse não era meu estilo, mas decidi experimentar sem interesse nenhum de levar. 
O vestido era simples porém os detalhes na manga deixavam ele com um ar todo "princesinha", no mesmo instante pensei em tirá-lo, afinal nada me fazia acreditar que um dia eu podesse ficar Linda em um vestido.
Minha irmã trouxe um lacinho de cabelo, e me pediu para soltar o cabelo e experimentar... o sapato rosa era demais para mim, jamais imaginei deixar meu All Star de lado. Mas enfim... eu acabei experimentando. 
Me olhei no espelho e vi a grande diferença, na verdade a última vez que me vi com um vestidinho rosa e um lacinho na cabeça foi em um retrato de infância. Fiquei quase 5 minutos parada olhando para o espelho tentando entender cada detalhe de mim mesma, comecei a perceber que as cores claras me deixavam tão bonita quanto as escuras. Minha irmã abriu o provador e com um olhar de espanto disse: 
- Uau, como você está linda!!!
Eu nem respondi de tão concentrada que estava tentando entender o porque que eu me sentia mais bonita agora do que antes. 
Finalmente entendi, que não precisamos ser patricinhas para usar vestidos, e muito menos metidas ao colocar um laço no cabelo, somos a essência do nosso interior, e acredite: Nossas vestimentas revelam sim o que está dentro de nós, se estamos tristes, ou felizes, se estamos chateadas ou aborrecidas, temos o poder de refletir em nosso exterior o que está dentro de cada uma de nós. 
Demorei bastante pra entender, mais finalmente compreendi! Não tenho mais medo de usar vestidos e saias, afinal depois que venci esse medo me tornei mais segura comigo mesma.

- Gabriella G.



0 comentários:

Postar um comentário